Reforma ortográfica: fique por dentro

3 de outubro de 2011

Mudar o tom de uma música no teclado, piano e violão.

Em música, modular significa mudar o tom. Pode ser necessário principalmente quando vamos acompanhar alguém cantando ou vamos tocar junto com outros instrumentos. Por exemplo: Tocamos uma determinada música em dó maior. Quando vamos ensaiar junto com um cantor, percebemos que sua voz não está confortável com esse tom. É necessário subir ou descer alguns semitons, para que a amplitude de sua voz se ajuste melhor. Quando vamos tocar junto com outros instrumentos, como saxofone em mi bemol, ou flauta transversal em sol, pode também ser necessário trocar o tom original, caso este já não esteja de acordo.

Os teclados eletrônicos possuem, em sua maioria, um recurso denominado transpose. Isso nada mais é do que modular. Assim usamos o transpose para afinar o teclado semitons acima ou abaixo do padrão do diapasão. Continuamos tocando nas mesmas posições, com os mesmos acordes, porém o som será de outro tom. O ajuste é feito em semitons, normalmente de -12 a 12, que corresponde a uma oitava para cima (1 a 12) ou uma oitava para baixo (-1 a -12).

Quem toca violão, tem o recurso do capotraste, que ao ser colocado, cada casa representa também um semitom. Colocado o capotraste, é como se diminuíssemos o braço do violão. As posições continuarão sendo tocadas normalmente, mas o som será de outro tom. Dependendo da amplitude do intervalo a ser mudado do tom original, pode-se também afinar as cordas do violão em tom diferente. Só não pode ser um intervalo de mudança muito grande, pois, se for muito agudo, corre-se o risco de rebentar as cordas, e, se for muito grave as cordas ficarão muito frouxas.

Já no piano, não tem facilidade. Mudar o tom envolve mudar a posição. Tocar mesmo em outras teclas, outros acordes, outras notas. Sem recursos para facilitar, envolve pelo menos um tempo do instrumentista para fazer a transposição de toda a música antes de executar.

Saliento que em qualquer instrumento é possível mudar o tom mudando a posição. Quem não quiser, ou não tiver os recursos do transpose ou o capotraste, pode fazer como no piano.

5 comentários:

Unknown disse...

Se uma musica está em D e eu faço a transposição no teclado para -4, que tom ficaria?
Letice

Anderson Gaboardi disse...

Letice,

A# ou Bb.

Ju disse...

Queria tocar uma música que as cifras estão no tom E, porém com capotraste na casa 4, os acordes são: (Am, C, G, F). Como faço para passar isso para o piano?

Music House disse...

Não sei se entendi bem a situação. Veja se é isto: os acordes originais são Am, C, G, F. Com o capo na 4a casa eles passam a ser: C#m, E, B, A. No violão com o capo, eles terão as mesmas formas. No piano terá que executar estes novos acordes.

Music House disse...

Bb ou A#. Cada número corresponde a1/2 tom. O sinal _ significa sentido descendente.

Postar um comentário